angrygirls series apresenta: s k y
por Karine Bravo


Procurávamos uma modelo para fazer um ensaio todo inspirado em Beth Ditto, vocalista da banda Gossip e militante contra a gordofobia. Entre os comentários em nosso post do facebook, encontramos Stephanie -Sky- Camargo.

Depois de algumas stalkeadas e o primeiro contato, ficamos admiradas com sua confiança e auto-afirmação como mulher gorda. O que é incrível para alguém de apenas 17 anos.
Você lembra de você aos 16? 17? Você tem essa idade?
Desbravando novos mundos e descobrindo ainda mais o peso de ser mulher, ser adolescente não é nada fácil. Por isso, Beth ficou guardadinha em nossas mentes, e Sky acabou se tornando a nossa maior inspiração para essas fotos.
Nesta matéria que dá continuidade ao projeto ANGRYgirls, te convidamos, através das linhas e imagens, a se inspirar com Sky: mulher, gorda, secundarista, e prestes a ser dona do mundo.

A relação de Sky com seu corpo permanece na corda bamba entre amor e ódio, mas, felizmente, pende muito mais para o lado do amor. "Toda vez que me pego odiando o meu corpo eu começo a falar pra mim mesma que ele é maravilhoso, que sou linda", diz.
Porém, mesmo com toda essa segurança, sua auto-estima só foi descoberta no meio do ano passado, quando viu milhares de comentários gordofóbicos em uma foto de uma mulher gorda no facebook. A partir daí, Sky se questionou sobre o que a impedia de aceitar o seu próprio corpo, e a resposta, era absolutamente nada além dela mesma. Ela aponta que ela mesma a impedia de se aceitar, pois ficava pensando em tudo o que os outros achariam ou deixariam de achar. Então, colocou em sua cabeça que nada mais importa: nenhum comentário ou nenhuma aprovação além da sua própria, amando seu corpo e cultivando sua auto-estima.

Quando falamos sobre auto-estima e empoderamento, o ensino médio pode ser uma das fases mais complicadas da vida, e, para Sky, isso acontece porque as adolescentes sempre tem aquele pensamento de que para ser bonita, deve-se vestir 36/38 e são raras as vezes em que alguém passa essa sensação de amor próprio. Mas sejamos otimistas, Sky nos contou que vê algumas garotas gordas de 13 ou 14 anos empoderadas e sem vergonha de mostrar o seu próprio corpo, e que meninas da idade dela se sentem mais motivadas a lutarem contra a gordofobia quando veem o seu processo de empoderamento.

Sky gosta de criar o seu próprio estilo e tem a si mesma como inspiração, por isso, pretende fazer faculdade de moda, relações públicas e abrir sua loja de roupas plus size, envolvendo-se cada vez mais em projetos que promovam o empoderamento gordo. Além disso, admira outras mulheres, como Barbara Ferreira @barbienox, Dounia @dounia.t e Tess Holliday @tessholliday.

Porém, mesmo trabalhando todos os dias para manter uma auto-estima que a fortaleça, ela conta que sofre com olhares e comentários gordofóbicos em todos os momentos de seu dia, principalmente no verão, quando usa saias, shorts, ou qualquer peça que a sociedade julgue ser inapropriada para gordas.

ANGRYmag: Você tem algum conselho para meninas da sua idade que sofrem com pressão estética ou gordofobia?

Sky: "Mana, só ignora tudo o que te faz mal e tenta colocar na sua cabeça que você é maravilhosa, não importa N A D A do que os outros digam. Todos vão querer te deixar pra baixo ou acabar com sua auto-estima, então apenas ignore tudo que digam ou te façam de ruim. Infelizmente sempre haverá comentários e olhares gordofóbicos tentando nos deixar pra baixo, então só cabe a nós mesmas erguemos a cabeça e passarmos por cima de tudo isso, sem desistir! As vezes vai parecer que seu mundo acabou, e talvez você fique alguns dias sem querer que ninguem te veja, mas isso passa, conforme o tempo passa você vai se aceitando mais e ignorando tudo que te dizem de mal! Força, você consegue. Eu acredito em você!

photos: Janis Lima / @janisjfl
modelo e ANGRYgirl: Stephanie Camargo / @skyesx
make up artist: Marina Costa / @makebymarinac
produção: Karine Bravo / @angrykarine
clothing: Bazar amassado, da Cochilo Taquieta / @b.amassado @ccochilo
espaço: Arnica Cultural